Sunday, September 12, 2004

KuRt Eu Te AmO!¡!


*Xenti...esse post eh pra Dani, q adora Nirvana e pra mim q lógiko axo o Kurt linduu...*

AgOrA eU vEjO cOmO eU sOu BoNiTa!¡!


*E eu q reclamava di celulite...*

Saturday, September 11, 2004

NuNcA pEnSeI iSsO dE vOcÊ, cOeLhInHo!¡!

Eu nunca pensei nisso...eu sempre tive uma outra idéia a respeito do Cuelhinhu da Páscoa...Agora, eu vendo tudo isso por esse angulo, eu, um dia mãe, nunca deixarei q meus filhos tenham contato com esse ser abominavél!!! Imagem xocante...

BiZaRrO!¡!

QuEr PaGaR qUaNtO!¡!


*Eh isso aê, ô kra chatu...Pow...minha mãe me proibiu de usar icq...sakanagem...mas td bem...eu soh qria aproveitar e dizer q eu amu todos vcs...inclusive o meu bb...segunda eu qro conversar cum vc...bjks...

InVeJa MaTa!¡!

ErRoS!¡!

CuPiDo BuRrO!¡!


*Legal, mas eu tenhu namorada...*

PeNsAmEnToS!¡!


*Perfeito,naum!?*

CoMo EsQuEcEr VoCê!¡!


*Esse eh pra vc tmb...*

mEu FiLhO!¡!


*Pra qm naum sabe,meu filhusko!!!*

KiSsEs!¡!

*Kiss*.........*Kiss*
*Kiss*.......*Kiss*
*Kiss*....*Kiss*
*Kiss**Kiss*
*Kiss*....*Kiss*
*Kiss*.......*Kiss*
*Kiss*.........*Kiss*
*Kiss*...........*Kiss*


........*Kiss*
........*Kiss*
........*Kiss*
........*Kiss*
........*Kiss*
........*Kiss*
........*Kiss*
........*Kiss*
........*Kiss*


.........*Kiss*
...*Kiss*...*Kiss*
.*Kiss*.......*Kiss*
...*Kiss*......*Kiss*
......*Kiss*
...........*Kiss*
*Kiss*......*Kiss*
.*Kiss*.......*Kiss*
...*Kiss*...*Kiss*
.........*Kiss*


.........*Kiss*
...*Kiss*...*Kiss*
.*Kiss*.......*Kiss*
...*Kiss*......*Kiss*
......*Kiss*
...........*Kiss*
*Kiss*......*Kiss*
.*Kiss*.......*Kiss*
...*Kiss*...*Kiss*
.........*Kiss*

PrInCíPiOs AnArQuIsTaS!¡!

Dez princípios do Anarquismo

Autonomia:
Esta é a condição indispensável para obter-se a liberdade individual/coletiva. Significa o respeito às decisões, vontades, e opiniões do indivíduo em relação ao grupo e vice-versa. Por exemplo, caso um grupo decida em prol de determinada ação, os membros discordantes não ficam obrigados a participar da mesma. Para isso não devem haver relações de dependência que impeçam as pessoas de se posicionarem livremente.

Apoio Mútuo:
É a ajuda entre seres de uma organização social onde as partes interagem, auxiliando-se e fortalecendo-se. Tal prática não permite disputas, que são fundamentadas no principio irracional de superioridade entre seres, sendo destrutivas para o convívio humano. Nossa proposta é somar forças para alcançar uma melhor qualidade de vida para todos.

Autogestão:
Autogestão é por princípio, a comunidade cuidando diretamente, de seus próprios deveres e interesses. Para que ela aconteça terá de haver ampla liberdade de organização sem leis cerceantes e hierarquias. Por este simples fatos os partidos e legisladores tornam-se desnecessários. Afinal se as pessoas tomam para si as responsabilidades de gerenciamento de suas vidas, os representantes profissionais e demais poderes são completamente inúteis.

Internacionalismo:
Não deveriam existir fronteiras. Não deveriam existir nacionalidades. Patriotismo é um sentimento mesquinho e egoísta que só faz acontecer guerras inúteis e acirrar a raiva entre os povos. A luta pela liberdade passa pela derrubada do capital, que explora e oprime em todo o globo. Ao invés do estado nação, defendemos a autodeterminação dos povos. Somos internacionalistas pois nossa ação revolucionária acontece em todos os lugares do planeta.

Antimilitarismo:
Dentro da instituição militar impera o autoritarismo a partir de um complexo esquema de hierarquia de poder. Qualquer tipo de autoritarismo é inválido ! Por que um é melhor que o outro ? Porque é mais velho ? Porque tem mais medalhas no peito ? Todos são iguais! Uns podem deter mais experiência, pois então que a passe para os outros! O respeito virá naturalmente! Criar um sistema hierárquico por via de medalhas e impô-lo a todos é artificial!

Ação Direta:
A ação direta é o princípio onde você faz e decide diretamente tudo que lhe diz respeito, em oposição a idéia de representação. O indivíduo por ser único é impossível de ser representado. Quando os movimentos sociais passam a agir e não somente reagir ao sistema, pacífica ou violentamente se faz chamar de ação direta, a maturidade de uma organização, a essência da atuação libertária e a única maneira de trilhar um caminho contínuo para a revolução social.

Autodefesa:
Um princípio libertário que propõe a defesa do indivíduo e/ou coletivo, para garantir sua sobrevivência contra as forças opressoras da reação. Temos de nos defender do sistema e derrubá-lo, a liberdade não é negociada, nem barganhada, mas sim conquistada. Não se pode "confiar na polícia" e muito menos fazer-nos de vítimas indefesas do sistema. A característica da luta ácrata é a ética e dignidade, "é melhor morrer de pé do que viver de joelhos"; a autodefesa acompanha toda a atuação anarquista.

Viver a Vida:
Fazer a sua parte não é encarar o mundo sob uma visão pessimista. Mesmo sabendo que o mundo é cruel, temos de saber que não podemos mudá-lo de uma hora para a outra. Por isso, antes de desistir, desacreditar-se, dar um tiro na cabeça ou tomar qualquer outra atitude assassina-suicida, é necessário encarar a realidade, sabendo que, com pequenas atitudes e esforços, conseguimos mudar a cena.

Individualismo:
Individualismo não é, como a maioria faz crer, uma forma de egoísmo, e sim uma valorização do indivíduo, do individual. Um individualista é único, incopiável, livre e incensurável. "Até onde começa a liberdade do próximo." Todos somo únicos. Até o mais alienado dos humanos tem uma qualidade, uma peculiaridade a mais ou a menos pelo menos. Tais qualidades não significam que há melhores ou piores, e sim que somos todos diferentes, únicos. Massificar, exigir de todos o mesmo comportamento e rendimento, é um atentado à vida, tão vil quanto julgar-se individualista pelo cruel ato de
pensar no seu próprio umbigo apenas, mesmo que, para isso, tenha de atropelar, pisar, esmagar e ignorar aos demais.

Apartidarismo:

Eleições criam ilusões e desviam energias da luta direta contra o estado e o capital, deixando desarmados os trabalhadores. Em 1970 os Chilenos acreditaram que se acabaria com o capitalismo elegendo um presidente socialista, em 1973 os militares rasgaram a constituição e instalaram a sanguinolenta ditadura de Pinochet. Em 1964, por muito menos os militares brasileiros rasgaram a constituição e apearam Jango do poder. Portanto não será elegendo um operário, um democrata ou um socialista que sairemos desse pesadelo. Aqui e agora, no seu bairro, no seu local de trabalho, na sua família, na sua escola. Lutando junto aos seus companheiros pela liberdade e para romper as estruturas autoritárias da sociedade, devemos lutar para cotidianizar a revolução e revolucionar o cotidiano.

DeFiNiÇõEs AnArQuIsTaS!¡!

AnAnarquia:Doutrina baseada numa apreciação otimista da natureza humana, e segundo o qual se considera o governo ou dominação como um mal...Sistema político e social segundo o qual o indivíduo deve ser emancipado de qualquer tutela governamental. Estado de um povo que, virtual ou real, não tem mais governo...
Teoria dos anarquistas:O anarquismo, cujos os princípios foram definidos por Proudhon e Bakunin, apoiando-se no federalismo , que
salvaguarda a autonomia do indivíduo. Bem cedo ainda, passou a preconizar junto às massas uma propaganda PACÍFICA, através de fatos concretos (comunidades, cooperativas, etc.). A repressão de que os anarquistas foram alvo em certos países, particularmente a Espanha e a Rússia, levou-os contudo às vezes a ações terroristas (Vailannt, Ravachol, Caserio, etc.), sem que por isso perdesse importância a ação educativa, antimilitarista e sindical(anarco-sindicalismo). A vida libertária foi objetivo de experiências concretas em diferentes parte: Ucrânia, na Baviera, após a primeira guerra mundial, na Espanha de 1936.Ao lado de Bakunin, Kropotkin destaca-se entre os pioneiros do anarquismo. A eles sucedem, na França, Élisée Reclus,
Louise Michel, Emile Henry, Jean Grave, Sébastien, Faure; na Itália, Errico Malesta, Pietro Gori, Camillo Berneri, Carlo Cafiero, na Espanha, Francisco Ferrer Guardia, e Buenaventura Durruti; no México, Ricardo Flores, Magon; no Peru, Manuel González Prada. No Brasil, o grande teóricoe propagandista do anarquismo foi o filósofo José Oiticica (1882-1957) catedrático do colégio Pedro II e da extinta Universidade do Distrito Federal, que escreveu sobre o tema livros como "Princípios e fins do programa comunista-anarquista" e "A doutrina anarquista ao alcance de todos". O movimento chegou ao Brasil através de imigrantes espanhóis, italianos e portugueses, a partir do fim do sec. XIX, conquistado simpatizantes, sobretudo, no Rio de Janeiro e em São Paulo. Grupo modesto, mas ativo, os anarquistas já tiveram seus periódicos e participaram de grandes movimentos, como a greve geral paulista de 1917.
*VIVA ANARQUIA!!!*

VáRiAs FoRmAs De DiZeR eU tE aMo!¡!

Te amo em todas as línguas

Africano - Ek het jou liefe
Albânio - Te dua
Alemão - Ich liebe dich
Alentejano - Gosto de ti, porra!
Amárico - Afekrishalehou
Árabe - Ana Behibak (para um homem)
Árabe - Ana Behibek (para uma mulher)
Bávaro - I mog di narrisch gern
Birmanês - Chit pa de
Boliviano - Qanta munani
Búlgaro - Obicham te
Cantonês - Moi oiy neya
Catalão - T'estim
Checo - Miluji te
Chinês - Ngo oi ney
Cingalês - Mama oyata adarei
Coreano - Tangsinul sarang ha yo
Corso - Ti tengu cara (para uma mulher)
Corso - Ti tengu caru (para um homem)
Croata - Ljubim te
Dinamarquês - Jeg elsker dig
Eslovaco - Lubim ta
Esloveno - Ljubim te
Espanhol - Te amo
Esperanto - Mi amas vin
Flamengo - Ik zie oe geerne
Filipino - Mahal ka ta
Finlandês - Mina rakastan sinua
Francês - Je t'aime
Francês Canadiano - Sh'teme (falado, tem este som)
Frisão - Ik hald fan dei
Gaélico - Tha gra agam ort
Grego - S'ayapo (diz-se s'agapo, a 3ª letra é a letra minúsculo 'gamma')
Grego antigo - Ego philo su
Gronelandês - Asavakit
Havaiano - Aloha i'a au oe
Hebreu - Ani ohev otach (para uma mulher)
Hebreu - Ani ohevet otcha (para um homem)
Holandês - Ik hou van jou
Húngaro - Szeretlek
Iídiche - Ich han dich lib
Indonésio - Saya cinta padamu
Inglês - I love you
Iraniano - Mahn doostaht doh-rahm
Irlandês - Taim i' ngra leat
Islandês - Eg elska thig
Italiano - Ti amo
Japonês - Kimi o ai shiteru
Javanês - Kulo tresno
Jugoslavo - Ya te volim
Klingon* - Qabang
Latim - Vos amo
Latim antigo - Ego amo te
Letão - Es milu tevi
Libanês - Bahibak
Lisboeta - Gramo-te bué, chavalinha
Lituanio - Tave myliu
Macedoniano - Sakam te
Madrileno - Me molas, tronca
Malaio - Saya cintakan mu
Mandarim - Wo ai ni
Mohawk - Konoronhkwa
Norueguês - Eg elskar deg
Panjabi - Mai taunu pyar karda
Paquistanês - Mujhe tumse muhabbat hai
Persa - Tora dost daram
Polaco - Kocham cie
Português (Portugal) ¿ Amo-te
Portuense - Amo-te, carago!
Queniano** - Tye-mela'ne
Romano - Te iu besc
Russo - Ya tebya liubliu
Sergipano - Gostchu muintchu
Sérvio - Ljubim te
Servo-Croata - Volim te
Sioux - Techihhila
Sírio/Libanês - Bhebbek (para uma mulher)
Sírio/Libanês - Bhebbak (para um homem)
Sueco - Jag alskar dig
Suíço/Alemão - Ch'ha di ga'rn
Tagalo - Mahal kita
Tailandês - Khao raak thoe
Taitiano - Ua here vau ia oe
Tâmil - nan unnaik kathalikkinren
Télego - Neenu ninnu pra'mistu'nnanu
Tunisino - Ha eh bak
Turco - Seni seviyorum
Ucraniano - Ja tebe kokhaju
Vietnamita - Em yeu anh (para um homem)
Vietnamita - Anh yeu em (para uma mulher)
Vulcan* - Wani ra yana ro aisha
Zulu - Mena tanda wena
* - falada na série Star Trek
** - linguagem dos Elfos



AnArQuIa!¡!

A anarquia funda-se no respeito à personalidade humana e no amor às pessoas.
Não queremos e não podemos impor o anarquismo pela força a quem quer que seja. Faze-lo seria uma contradição em termos. Se os trabalhadores quiserem ter seu governo, nós lhes deixaremos toda liberdade de constituilo com quem eles quiserem. Mas sob a condição de que, também, tenhamos toda a nossa liberdade de experimentar nossas idéias, nossos sistemas, toda a forma de organização libertária de que formos capazes, sem ter que prestar juramento, pagar impostos, sem que sejamos obrigados a fazer o que quer que seja, senão o que consideramos livremente ser nosso dever faze-lo

Desejamos viver anarquicamente tanto quanto as circunstâncias exteriores nos permitirem, assim como nossas capacidades.



o LoBo MaU!¡!


*Viva o Lobo Mau!*

AnArQuIsMo E tRÁfIcO dE dRoGaS!¡!

Pra começar, qualquer um que acessou esse site sabe que anarquia é liberdade. Ainda assim, acho que a liberdade de se usar drogas e vendê-las é polêmica e deve ser discutida. Na minha opnião pessoal, acho que o consumo de drogas deveria ser liberado, pois se as drogas fazem mal, então o indivíduo deveria ter a sua liberdade de passar mal ou não. Mas aí ele deveria ter consciência do que ele está fazendo, dos males que isso pode trazer não somente para ele como para a família e o resto da sociedade. Então a questão a que eu quero chegar é que qualquer um com informações suficientes sabe o que é bom para si, mas ainda assim não é direito da sociedade de proibi-lo de causar mal a si mesmo, mesmo este sabendo que talvez ele esteja prejudicando seus próximos. Atualmente, quem mora na periferia sabe, comprar drogas é mais fácil que comprar pão a 10 centavos, portanto nada impede que eu vire a esquina da rua de casa e compre drogas, só não faço isso por que eu sei do que pode acontecer comigo e com aqueles que me amam. Então, se o tráfico de drogas não faz a mínima diferença pra mim se ele é legal o ilegal, porquê que eu prefiro que a venda de drogas seja liberada? Por que assim a gente acabaria com a violência que o tráfico gera. É óbvio que o que eu acabei de propor só seria possível numa sociedade anarquista, pois numa sociedade capitalista como a nossa isso só aumentaria a violência em outros aspectos (roubos, seqüestros, etc.). Já que a única maneira de se acabar verdadeiramente com a violência (no capitalismo) é, de uma maneira simplista, criar empregos e estabelecer um sistema educacional decente, e não pegar todos os traficantes de uma vez e jogar todos eles numa cela só em Bangú.
É o que eu penso.

PrA vOcÊ!¡!


*Axu q vc entendeu...*

FiCa CoMiGo!¡!

Xenti,vcs sabem pra qm eh exe, neh!?

*Fika?*

MaIs Um PoSt MeU!¡!

Pow...eu tenhu q postar mais alguma koisa neh!?

*Eh isso aê!*
E pra akabar com o post, amor, eh pra vc exa figura...

Pow, o meu amor eh taum meiguinha, taum fofinha, taum cutte q eu naum resisti e kolokei exa figura toda bunixinha q tem td a ver cum ela...ti amu!!!
Bjundas...

É fOdA!¡!

E aê povo!!!

*Eh foda...*
Nem precisu dizer q vc eh foda, neh amor!?